Serra vai a Brasília garantir verba para o Rodoanel

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), vai hoje a Brasília para garantir o aporte de mais R$ 1,2 bilhão para as obras do trecho sul do Rodoanel. Na capital federal, em cerimônia no Palácio do Planalto, Serra assina hoje à tarde convênio por meio do qual a União repassará ao Estado de São Paulo esse montante em quatro parcelas anuais de R$ 300 milhões.As obras do trecho sul do Rodoanel, que terá 61,4 quilômetros de extensão, tiveram início em maio e devem ser concluídas em 2010, a um custo total de R$ 3,6 bilhões. Esse trecho passará pelos municípios de Itapecerica da Serra, São Bernardo do Campo, Santo André e Ribeirão Pires. Segundo o secretário estadual de Transportes, Mauro Arce, o trecho sul é um dos mais importantes porque vai facilitar a vida de motoristas do interior com destino à Baixada Santista e também de caminhoneiros em direção ao Porto de Santos.O Rodoanel Mario Covas contará com 170 quilômetros de extensão e tem custo estimado em R$ 9 bilhões. Sua missão é desviar o fluxo de veículos pesados da área urbana da capital paulista e municípios vizinhos, além de agilizar a interligação de importantes rodovias que chegam à região. O trecho oeste, com 32 quilômetros, foi o primeiro a ser construído e está em operação desde outubro de 2002. Terminadas as obras do trecho sul, a terceira etapa do Rodoanel será o trecho leste, a ser iniciado em 2011 e concluído em 2014. O trecho norte será a quarta e última etapa, com previsão de início em 2015 e termino em 2018.

PAULO R. ZULINO, Agencia Estado

30 de agosto de 2007 | 13h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.