Sérvia vai às urnas para escolher novo presidente

Função do cargo é mais cerimonial, embora comande as Forças Armadas.

Da BBC Brasil, BBC

20 de janeiro de 2008 | 10h45

A população da Sérvia vota neste domingo para a Presidência do país, em eleições que podem mudar os rumos do país.Nove candidatos concorrem ao cargo, cujo peso é mais cerimonial do que executivo, embora tenha grande influência, já que o líder do governo é o comandante-em-chefe das Forças Armadas sérvias.As urnas foram abertas às 7h locais (4h, de Brasília) e fecham às 20h (17h, de Brasília), mas a expectativa é de que o vencedor só vai ser escolhido no segundo turno do pleito.Para vencer no primeiro turno, são precisos mais de 50% dos votos. Caso isso não aconteça, um segundo turno entre os dois candidatos mais votados deve acontecer no início de fevereiro.Durante a campanha, os assuntos mais importantes foram a independência da região do Kosovo, a economia e o aprofundamento dos laços com a União Européia. FavoritosOs favoritos são o atual presidente, Boris Tadic, que defende uma proximidade maior com a Europa, e o líder do partido nacionalista sérvio, Tomislav Nikolic.Ambos são contrários à independência do Kosovo, mas Nikolic, líder do maior partido da Sérvia, o Radicais Sérvios, prometeu se afastar do bloco europeu, caso a região realmente venha a se separar.Nos próximos meses, os sérvios de origem albanesa devem declarar a independência da província, que atualmente é administrada pela Organização das Nações Unidas (ONU).O novo primeiro-ministro de Kosovo, Hashim Thaci, afirmou querer a independência formal em "algumas semanas".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.