Servidores da Polícia Federal fazem protesto no Rio

Cerca de 150 pessoas participaram, no sábado, 12, pela manhã, de um protesto de servidores da Polícia Federal na praia de Copacabana, na zona sul do Rio. A categoria ameaça paralisar o trabalho nos aeroportos durante a Copa do Mundo caso não avancem, até o fim de maio, negociações antigas quanto à recomposição salarial, reestruturação da carreira, aumento do efetivo e reconhecimento de atribuições em lei.

ROBERTA PENNAFORT, Agência Estado

13 Abril 2014 | 15h25

"Em qualquer outra função a gente pode ser substituído, mas o serviço no aeroporto é muito específico", disse o presidente do sindicato da categoria no Rio, André Vaz de Mello. "Negociamos há muito tempo a recomposição e a reestruturação dos cargos, mas não somos ouvidos e nos dão um prazo de conversar só depois de 2016. Não vamos esperar".

Participaram do ato agentes, escrivães e papiloscopistas, vestidos com camisetas com os dizeres "S.O.S. Polícia Federal" . Os manifestantes levaram enormes elefantes brancos infláveis para protestar contra a corrupção e o sucateamento da PF.

Mais conteúdo sobre:
protestoPservidoresRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.