Servidores da saúde decidem sobre greve em Sorocaba

Trabalhadores estaduais da área de saúde de Sorocaba (SP) decidem nesta quinta-feira, 6, se aderem à greve que afeta hospitais de São Paulo e interior. Representantes regionais do Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado (SindSaúde) estiveram na capital paulista nesta quarta-feira em solidariedade aos grevistas que ocupam o plenário da Assembleia Legislativa (Alesp).

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

05 de junho de 2013 | 20h17

Uma assembleia será convocada para decidir sobre a paralisação. Representantes sindicais reuniram-se com servidores do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, o maior hospital público da região, para discutir o movimento. O Conselho Municipal de Saúde de Sorocaba manifestou apoio às reivindicações dos trabalhadores, que pedem, entre outros benefícios, reposição salarial de 32,2%.

Tudo o que sabemos sobre:
SaúdegreveAssembleiaservidores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.