Sérvios de Kosovo incendeiam postos de fronteira

Incidentes ocorreram em área sérvia; forças da Otan foram acionadas para ajudar polícia.

Da BBC Brasil, BBC

19 Fevereiro 2008 | 15h55

Sérvios de Kosovo incendiaram nesta terça-feira dois postos de fronteira em protesto contra a declaração de independência da ex-província sérvia.Os ataques ocorreram em postos de fiscalização da fronteira norte, em Jarinje e Banja. Os dois locais são supervisionados pela ONU e pela polícia de Kosovo.Segundo Nick Thorpe, correspondente da BBC em Pristina, este foi o incidente mais grave desde que a ex-província sérvia declarou sua independência no domingo.Cerca de mil sérvios atacaram e incendiaram o posto de fronteira de Banja, na estrada principal entre a cidade de Mitrovica e o país vizinho Montenegro.Tropas de paz da Otan (aliança militar ocidental) foram chamadas depois da suposta retirada dos soldados da ONU e da polícia de Kosovo, que teriam recuado e se colocado em um túnel próximo ao posto de fronteira.No outro incidente, uma multidão incendiou as barracas de madeira usadas pela polícia de Kosovo e pela ONU no posto de fiscalização de Jarinje, na estrada principal entre Mitrovica e a capital da Sérvia, Belgrado. Pouco depois, a multidão se dispersou. Não há informações de feridos.IntegraçãoO presidente de Kosovo, Fatmir Sejdiu, pediu que os sérvios que moram na ex-província mantenham a calma."Vocês são cidadãos de Kosovo e serão iguais nos padrões mais altos", disse. "Precisamos abrir mão da violência e ter paz." "Entendemos o medo deles (sérvios em Kosovo), mas não há razão para temer, eles serão parte do processo como eram antes", acrescentou Sejdiu. "Kosovo é deles e, portanto, eles devem permanecer calmos, se integrarem ao país e não sair queimando postos na fronteira."Segundo Nick Thorpe, a ordem pública em Kosovo é de responsabilidade de uma polícia formada por várias etnias que conta com o apoio da polícia da ONU.Os policiais têm autoridade de convocar os soldados da Otan caso não consigam controlar uma situação. Nesta terça-feira, foi a primeira vez que as forças da Otan foram convocadas.Uma série de incidentes de menor seriedade ocorreu até o momento, principalmente ataques com granadas contra veículos e prédios pertencentes a organizações internacionais.Todos os incidentes ocorreram no noroeste de Kosovo, área dominada pelos sérvios.Na segunda-feira, sérvios em três cidades do norte de Kosovo fizeram manifestações pacíficas contra a declaração de independência e contra o reconhecimento da separação da Sérvia por outros países.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.