'Sessão online para uma emergência é ótimo'

Foram o estresse e a insatisfação no trabalho que motivaram a analista de RH Cinthia Lilli, de 25 anos, a procurar na internet serviços de terapia online.

O Estado de S.Paulo

06 Maio 2012 | 03h05

Sem tempo para fazer sessões presenciais - ela fez sessões em consultório por três anos seguidos -, Cinthia queria retomar o tratamento para tentar reverter as dificuldades que estava enfrentando.

"Encontrei um serviço sério na internet, escolhi o profissional de acordo com a minha demanda e comprei as dez sessões. Fiz todas e gostei muito."

Cinthia diz que fez as primeiras três sessões apenas com o chat por escrito - sem imagem. Depois disso, quando já sentia segurança na psicóloga, decidiu fazer as sessões por vídeo. As consultas ocorreriam em intervalos no trabalho ou em casa, nos fins de semana.

"A terapia online me deu um impulso incrível, resolvi meu problema. Para uma emergência é ótimo, o vídeo faz com que seja parecida à sessão presencial, mais cara", disse. / F.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.