Sete devem ser indiciados por acidente da TAM

Os indiciados vão responder por lesão corporal culposa e homicídio culposo (sem intenção)

da Redação, estadao.com.br

15 Julho 2008 | 10h05

Sete pessoas devem ser citadas como responsáveis pelo acidente com o Airbus A320 da TAM no relatório da Polícia Civil a ser encaminhado ao Ministério Público, segundo informações da Agência Brasil. O delegado Antonio Carlos Menezes Barbosa, coordenador da investigação sobre a queda do avião em 17 de julho de 2007, que deixou 199 mortos, no maior acidente aéreo do País, disse na segunda-feira, 15, que a responsabilidade deve ser partilhada "por sete" pessoas. Veja também:Não há vestígio de falha em manetes, indica ICTudo sobre o acidente com o vôo 3054  Todas as notícias sobre a crise aérea no País  O início e o histórico da crise aérea  Especial: as histórias por trás das vítimas do vôo 3054  Os indiciados vão responder por lesão corporal culposa e homicídio culposo (sem intenção). As investigações, informou o delegado, apontam negligência e imprudência como causas do acidente, ocorrido no Aeroporto de Congonhas, localizado na zona sul da capital paulista. O inquérito do caso deve ser concluído em outubro.

Mais conteúdo sobre:
acidenteaviãoTAM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.