Shopping Leblon abrirá domingo mesmo com 'rolezinho'

Apesar da convocação de mais um "rolezinho" para domingo, 26, no Shopping Leblon, na zona sul do Rio, a administração do estabelecimento decidiu que desta vez não vai fechar as portas e nem reforçar a segurança. As movimentações nas redes sociais, contudo, estão sendo monitoradas de perto. Até o início da noite desta sexta-feira, 24, quase 700 pessoas haviam confirmado presença no evento no Facebook.

MARCELO GOMES, Agência Estado

24 de janeiro de 2014 | 18h29

No domingo passado, o evento tinha mais de 9 mil confirmações, e apenas cerca de 50 pessoas compareceram. Com as portas do shopping fechadas, o protesto foi realizado na calçada, com direito a baile funk e churrasco numa grelha improvisada. A avaliação é que o quórum neste domingo será ainda menor, o que não deve causar transtornos no shopping.

O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, voltou a afirmar nesta sexta que não vai montar esquema especial de policiamento preventivo nas imediações do Shopping Leblon por conta do "rolezinho". Beltrame havia dito o mesmo na semana passada. Entretanto, dezenas de policiais militares - muitos à paisana - permaneceram de plantão no local. "Reitero dizendo que ''rolezinho'' não é crime. Vamos manter o policiamento voltado para a praia nos finais de semana. Não vamos agir especificamente em função disso porque entendemos que não é uma ação criminosa", explicou o secretário.

Mais conteúdo sobre:
rolezinhoshopping Leblon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.