Siemens planeja manter ao menos 20% na Osram após cisão--fontes

A Siemens deve publicar nesta quarta-feira os detalhes da tão esperada divisão da Osram, após o conselho de se reunir para definir o futuro da unidade de iluminação. Fontes disseram à Reuters que a Siemens planeja manter pelo menos 20 por cento na divisão.

Reuters

28 de novembro de 2012 | 11h03

Osram é o segundo maior player mundial do mercado de iluminação, que movimenta de 40 bilhões de euros (51,9 bilhões de dólares) por ano. A líder é a Philips.

Em uma reunião na quinta-feira, o conselho da Osram deverá aprovar um plano de reestruturação que custará 500 milhões de euros milhares de empregos.

"Uma reestruturação de 500 milhões de euros para uma companhia de quase 5 bilhões de euros em receita me parece muito", afirmou um analista de Londres.

Os cortes que Osram fará serão principalmente fora da Alemanha, disseram fontes. A companhia alemã já fez 2 mil demissões no último ano e passou para 39 mil empregados.

(Por Maria Sheahan)

Tudo o que sabemos sobre:
TECHSIEMENSLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.