Sindicato com 1,9 milhão de filiados dá apoio a Obama

A influente União Internacional dosEmpregados de Serviços (Seiu), um sindicato com 1,9 milhão defiliados, manifestou na sexta-feira apoio à candidatura dosenador democrata Barack Obama à presidência dos EstadosUnidos. Andy Stern, presidente da entidade, disse que houve apoio"esmagador" da direção do sindicato à decisão em favor deObama, que trava uma disputa acirrada com a também senadoraHillary Clinton pela indicação do Partido Democrata às eleiçõesde 4 de novembro. "Tornou-se claro que os membros do nosso sindicato e oslíderes do nosso sindicato acham que é hora de participar de umesforço para fazer de Barack Obama o próximo presidente dosEUA", disse Stern por telefone a jornalistas. "Achamos que ele tem a experiência e a visão que precisamosem nosso próximo presidente", afirmou Stern, salientando porémo "enorme respeito" do sindicato a Hillary. A Seiu é um dos sindicatos que mais crescem na América doNorte. Ele representa profissionais da saúde e de outrossetores de serviços. O apoio permitirá que Obama use osrecursos de organização do sindicato e lhe dará impulso para asimportantes disputas nas primárias de Texas e Ohio, no dia 4 demarço. Stern disse que a atividade do sindicato junto à comunidadelatina, entre outros grupos, será de grande ajuda em atraireleitores para o senador negro. Após uma série de vitórias consecutivas nos últimos diasnas prévias estaduais, Obama está à frente de Hillary em númerode delegados para a convenção nacional de agosto. A estratégiada senadora agora é tentar vencer em Texas e Ohio, Estados queelegem grande número de delegados. (Reportagem de Donna Smith)

REUTERS

15 de fevereiro de 2008 | 18h28

Tudo o que sabemos sobre:
EUAELEICAOSINDICATOOBAMA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.