Sino do relógio da Praça da Sé despenca de 12 m

O sino da torre do relógio da Praça da Sé, no centro de São Paulo, despencou ontem de um altura de aproximadamente 12 metros e caiu no canteiro onde fica o equipamento. Ninguém ficou ferido. Os bombeiros, a Defesa Civil e a Guarda Civil Metropolitana estiveram no local e funcionários da Subprefeitura da Sé retiraram o sino, que pesa cerca de 400 quilos.

Ana Bizzotto, O Estadao de S.Paulo

25 de novembro de 2009 | 00h00

O objeto se soltou da estrutura de madeira que o sustentava e quebrou um vidro da torre antes de cair. "O barulho foi muito forte. Voaram cacos de vidro para tudo quanto é lado", relatou Gilvan Macena, funcionário da banca de jornais que fica na frente do relógio. Segundo ele, os moradores de rua geralmente ficam deitados no local onde o sino caiu. "Imagina se cai na cabeça de alguém? Tenho certeza de que teria matado."

Segundo a Assessoria de Imprensa da Subprefeitura da Sé, um termo de cooperação foi firmado em dezembro de 2007 entre o órgão e a empresa Potenza Engenharia e Construção Ltda. para a manutenção do relógio durante três anos. A assessoria informou que as causas do acidente serão apuradas pela subprefeitura e pela empresa.

O diretor da Potenza, Marcos Pereira Inácio, garante que o local será isolado com madeirite. Segundo ele, o sino, que não foi danificado, será recolocado pela empresa até o fim da semana, e o vidro quebrado será trocado em até 25 dias. "Quando assinamos o termo, fizemos uma reforma no relógio e substituímos a peça de madeira peroba que sustentava o sino. Não é uma madeira que apodrece tão rápido, não era para romper do jeito que rompeu", explica Inácio.

O diretor alega que a peça precisa ser de madeira para preservar a sonoridade do sino. "Mas vamos avaliar com o relojoeiro Augusto Fiorelli se o material do suporte continuará sendo a madeira. Não podemos correr o risco de o sino cair de novo", diz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.