Sinos da Abadia de Westminster soarão três horas após casamento

Os dez sinos da Abadia de Westminster soarão por mais de três horas após o casamento do Príncipe William com Kate Middleton, informou neste sábado o Palácio St. James.

REUTERS

23 de abril de 2011 | 13h30

Os sinos da abadia onde ambos vão se casar na sexta-feira farão um repique de 5.000 mudanças, ou sequências de badaladas, sem repetições.

Um repique dessa duração só ocorre em ocasiões especiais da família real ou da nação e foi ouvido pela última vez no 60 aniversário do casamento da Rainha Elizabeth com o Príncipe Philip, em 2007, disse um porta-voz da abadia.

Os sineiros seguirão dois métodos ou padrões de badalações, que permitem a eles que finalizem o repique sem ter que memorizar todas as 5.000 mudanças.

O palácio afirmou que os toques para o casamento real combinarão dois métodos chamados Londres e Bristol, resultando em um repique de Spliced Surprise Royal.

Os sineiros, todos voluntários, são membros da Companhia da Abadia de Westminster para os Sineiros, que atualmente inclui arquitetos, banqueiros, advogados e funcionários públicos.

(Reportagem de Tim Castle)

Tudo o que sabemos sobre:
REALSINOSABADIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.