Síria aceita convite dos EUA para conferência de Annapolis

A Síria aceitou, neste domingo, umconvite dos Estados Unidos para ir a uma conferência sobre pazno Oriente Médio em Annapolis e indicou o vice-ministro dasRelações Exteriores, Fayssal al-Mekdad, como chefe dadelegação. A agência oficial de notícias do país relatou que Damascodecidiu ir ao encontro após receber uma cópia da agenda doevento, com uma referência às Colinas de Golã, territórioocupado por Israel e reivindicado pela Síria. Uma rodada anterior de negociações, focadas em normalizaros laços se Israel devolvesse as Colinas de Golã à Síria,fracassou em 2000. "O governo da República Árabe Síria aceitou o convitenorte-americano", informou a agência. A Síria havia dito que não iria à conferência caso asColinas de Golã, ocupadas por Israel desde 1967, não estivessemna agenda. (Por Khaled Yacoub Oweis)

REUTERS

25 de novembro de 2007 | 14h22

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAEUAANNAPOLIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.