Síria diz que 'terroristas' cortaram Internet no país

O ministro sírio da Informação disse que "terroristas", e não o governo, foram responsáveis por tirar a Internet do ar no país inteiro na quinta-feira, segundo um canal governista de TV.

Reuters

29 de novembro de 2012 | 17h55

"Não é verdade que o Estado cortou a internet. Os terroristas atacaram as linhas de internet, resultando em algumas regiões serem desligadas", disse ele ao canal Al Ikhbariya.

O ministro das Telecomunicações disse à TV estatal que engenheiros estão trabalhando para reparar o que, segundo ele, foi uma falha no principal cabo de comunicações e Internet no país, onde há cerca de 20 meses há uma rebelião que tenta derrubar o regime de Bashar al Assad.

(Reportagem de Dominic Evans e Oliver Holmes)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAINTERNET*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.