Síria sofre bloqueio à Internet com queda nas conexões

As conexões internacionais de Internet da Síria foram desligadas às 12h26 (horário local, 8h26 de Brasília) nesta quinta-feira e seguiam inoperantes durante a tarde, informou a empresa de rastreamento da web Renesys, dos Estados Unidos.

Reuters

29 de novembro de 2012 | 12h53

"Na tabela de roteamento global, todas os 84 blocos de endereço IP da Síria tornaram-se inacessíveis, efetivamente removendo o país da Internet", disse a Renesys em seu blog.

Rebeldes sírios enfrentaram forças leais ao presidente, Bashar al-Assad, nos arredores de Damasco nesta quinta-feira, forçando o bloqueio da estrada de acesso ao principal aeroporto. Moradores relataram quedas em conexões à Internet na capital.

Moradores também disseram que linhas telefônicas móveis e fixas operavam apenas esporadicamente no que parecia ser a pior interrupção de comunicações na Síria desde o início da revolta, há 20 meses.

A Síria viu as maiores interrupções no acesso à Internet em julho e agosto deste ano, que duraram menos de uma hora e não deixaram o país completamente fora da web.

(Reportagem de Tarmo Virki, em Helsinque)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAINTERNETFORA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.