Site de protesto quer boicote a Cicarelli e anunciantes

Nem bem a decisão do Tribunal de Justiça determinou o bloqueio do acesso brasileiro ao portal de vídeos YouTube, já surgiu pelo menos um endereço de protesto contra a modelo e apresentadora Daniela Cicarelli. No Boicote a Cicarelli, o internauta é convidado a protestar de maneira bem simples: não assistindo a nenhum programa que conte com a apresentadora e não comprando produtos que sejam anunciados por ela. Na página vários internautas também deixaram mensagens de protesto contra a decisão do desembargador desembargador Ênio Santarelli Zuliani, que determinou o bloqueio do acesso de brasileiros ao portal YouTube. O mantenedor do endereço, que se identifica como ´Dono da Verdade´, defende a página afirmando que ela é parte de um movimento contra a censura na internet brasileira. Entre os comentários de visitantes - boa parte bem agressiva - há posts condenando a postura da modelo e principalmente a proibição do acesso ao YouTube. Mas mesmo em meio ao festival de comentários ácidos, há espaço para sugestões para lá de ponderadas, como a do visitante que se identificou como Tatoo, que afirmou o óbvio:"Todo mundo já viu o vídeo. Está publicado em tudo quanto é canto da internet. Não adianta censurar o YouTube."

Agencia Estado,

08 Janeiro 2007 | 17h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.