Situação da Itália é 'muito preocupante', diz líder partidário

A Itália está numa situação de grande preocupação e as decisões da última cúpula europeia, com o objetivo de conter a turbulência nos mercados, têm de ser adotadas imediatamente, disse nesta quarta-feira o líder do Partido Democrático, de centro-esquerda, Pier Luigi Bersani, depois de reunir-se com o primeiro-ministro Mario Monti.

Reuters

25 de julho de 2012 | 07h51

A conversa entre os dois se concentrou "numa situação muito, muito preocupante", afirmou Bersani a repórteres, depois do encontro com Monti, acrescentando que "há a necessidade de seguir as decisões da cúpula europeia e acompanhar o estado de alerta que todas as nações estão enfrentado".

(Por Massmiliano Di Giorgio)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAESQUERDAECONOMIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.