Sobe a 3 número de mortos no deslizamento em Niterói

Subiu para 3 o número de pessoas mortas no deslizamento de terra ocorrido um pouco antes das 22 horas desta quarta-feira, 7, no Morro do Bumba, no Viçoso Jardim, na zona norte de Niterói, cidade mais afetada com as consequências da chuva que atinge o Estado do Rio. Cerca de 150 homens dos bombeiros trabalham no resgate das vítimas. Mais de 30 casas foram soterradas segundo informação passadas por moradores aos oficiais que comandam as equipes no local.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

08 de abril de 2010 | 02h28

Pelo menos 20 pessoas, entre elas oito crianças, foram retiradas com vida pelas equipes de resgate e por moradores antes da chegada dos militares. O trabalho dos bombeiros é delicado, pois a visibilidade é muito pequena e há muitos botijões de gás sob os escombros. Com isso, sobe para 148 o número de mortos em decorrência de enchentes e deslizamentos causados pela chuva no Estado.

"Há possibilidade de haver pessoas com vida ainda sob os escombros", afirmou o coronel Alves Souza, dos bombeiros. Segundo o secretário municipal de Saúde de Niterói, Alkamir Issa, as cidades de Maricá e São Gonçalo, vizinhas a Niterói, colocaram suas unidades hospitalares à disposição das vítimas deste novo desabamento.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasNiteróideslizamentovítimas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.