Sobe para 7 total de presos hoje na Operação Patrimônio

Subiu para sete o número de presos hoje pela Polícia Federal, no Rio Grande do Sul, na seqüência da Operação Patrimônio, desencadeada ontem para desbaratar uma quadrilha especializada em roubo, clonagem e revenda de automóveis. O grupo costumava praticar assaltos a mão armada e trocar a identificação do chassi e motor para deixá-la idêntica a de algum veículo da mesma marca e cor registrado legalmente no Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Eles também emitiam documentos falsificados e repassavam os automóveis a outras organizações criminosas ou a pessoas de boa fé que pensavam estar adquirindo um veículo legalmente. No primeiro dia da operação já haviam sido presas 67 pessoas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. As buscas ainda não terminaram.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

05 de setembro de 2007 | 20h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.