Sobe para dez o número de cidades em calamidade em SC

Ainda há 19 pessoas desaparecidas e número de vítimas deve passar de 100; não existem mais cidades isoladas

Da Redação,

27 Novembro 2008 | 11h28

A cidade de Garuva deixou o estado de isolamento na manhã desta quinta-feira, 27. Segundo informações da Defesa Civil de Santa Catarina, não há mais municípios isolados. As barreiras que bloqueavam o acesso às cidades de Garuva, São Bonifácio, São João Batista, Rio dos Cedros, Itapoá e Benedito Novo já foram removidas. Em todo o Estado, dez cidades decretaram estado de calamidade pública por conta das enchentes. A Defesa Civil de Santa Catarina contabiliza 97 mortos pelas chuvas - a maioria vítimas de deslizamentos -, sendo que o número pode passar de 100, já que 19 pessoas ainda estão desaparecidas. Já são quase 80 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas.   Veja também: Empresária pára fábrica e dá gerador a hospital SC já recebeu mais de R$ 1,2 mi em doações Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Todas as notícias sobre as vítimas das chuvas    O governo do Estado decretou situação de emergência em todos os municípios atingidos pelas enchentes - são 47 cidades. As dez cidades em estado de calamidade pública Gaspar, Rio dos Cedros, Nova Trento, Camboriú, Benedito Novo, Pomerode, Luis Alves, Itajaí, Rodeio e Itapoá.   São 27.404 desabrigados - pessoas que tiveram que sair de suas casas e precisam da ajuda do Estado. Os desalojados chegam a 51.252 - são pessoas que foram obrigadas a sair de suas casas por conta dos danos das chuvas, mas que podem ir para casas de parentes ou amigos.   Ilhota é o município com o maior número de vítimas - são 29. Na cidade de Blumenau, 20 pessoas morreram por conta das chuvas. A cidade de Gaspar já conta 15 vítimas das chuvas, enquanto Jaraguá do Sul tem 13 vítimas. O município de Luís Alves conta 5 vítimas e a cidade de Rodeio, 4. Os municípios de Rancho Queimados, Benedito Novo e Itajaí contam duas vítimas cada. As cidades de Brusque, Pomerode, Bom Jardim da Serra, São Pedro de Alcântara e a capital, Florianópolis, tiveram uma vítima cada.   (Com informações de Fabiana Marchezi e Solange Spigliatti, do estadao.com.br)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.