Sobrinhos de Salvatore Cacciola são detidos em 'racha' no Rio

Juntos, automóveis apreendidos custam R$ 1 milhão; no total, quatro jovens foram presos na Washington Luís

Solange Spigliatti, estadao.com.br

24 de março de 2009 | 07h52

Dois sobrinhos do ex-banqueiro Salvatore Cacciola foram presos durante um racha no Rio de Janeiro. No fim de semana, quatro jovens da classe alta foram presos em flagrante por participarem de uma disputa de corrida de carros e se envolverem em acidente de trânsito na Rodovia Washington Luís, na região de Itaipava.

 

Os dois sobrinhos do ex-banqueiro foram identificados como Giacomo, de 24 anos, e Giordano Cacciola, de 31 anos. Também foram detidos o estudante Rodrigo Lyrio Badin, de 27 anos, e o investidor de valores Daniel Mascarenhas Alvim de Carvalho, de 26 anos. Somados, os automóveis apreendidos custam mais de R$ 1 milhão.

Os rapazes, que pilotavam veículos esportivos de luxo, foram interceptados por agentes da Polícia Rodoviária Federal no último sábado. No local, um dos envolvidos no "racha" colidiu com uma perua que realizava manobra de retorno em baixa velocidade. Segundo testemunhas, um comboio composto por quatro carros de luxo trafegava em velocidade superior a 200 km/h enquanto um dos rapazes filmava as manobras na rodovia, através do teto solar. Os depoimentos mostram que os jovens percorreram 30 km.

A ocorrência foi registrada na 106ª DP, em Itaipava, onde os acusados e oito testemunhas prestaram depoimento.Os jovens responderão em liberdade pelo envolvimento em acidente de trânsito, durante corrida automobilística em via pública. A primeira audiência foi marcada para 8 de maio. Os veículos que participavam da competição também foram apreendidos e encaminhados à delegacia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.