Soja 'asfixia Amazônia', diz francês 'Le Monde'

Reportagem descreve como os produtores de soja vivem o que chamam de 'guerra fria' contra ambientalistas

BBC Brasil,

19 de setembro de 2007 | 08h55

Uma reportagem do jornal francês Le Monde afirma que a Amazônia se encontra "asfixiada pela soja". O longo texto do vespertino francês afirma que a commodity é "um dos mais ferozes inimigos da floresta brasileira".   "Está a floresta condenada? Desde 1960, um quinto de sua superfície já foi derrubada. Hoje, é a cultura da soja que a ameaça", escrevem do Pará - que chamam de "faroeste brasileiro" - os repórteres do Monde.   A reportagem descreve como os produtores de soja vivem o que chamam de "guerra fria" contra ambientalistas, sobretudo ativistas do Greenpeace, uma das organizações não-governamentais mais críticas em relação aos sojicultores amazônicos.   "A tensão é palpável", diz o jornal. "Na Cooper Amazon, empresa que distribui fertilizantes, Luis Assunção, o diretor, não esconde sua raiva: 'Aqui, agora, é a guerra. Uma guerra fria'".   Os repórteres relatam a desconfiança gerada pela presença de estrangeiros no Pará, e destacam as manifestações recorrentes de sojicultures que afirmam que "a Amazônia pertence aos brasileiros".   Contra os argumentos de que a soja ajuda a Amazônia a se desenvolver, o Monde questiona: "Quem se beneficia deste desenvolvimento?"   O jornal lembra a violência que continua opondo grileiros e posseiros no campo, os assassinatos contra ativistas sociais e membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), e as repetidas revelações de trabalho escravo em fazendas da área rural.   Por fim, o jornal diz que "o pior está por vir" com o que chama de "explosão dos biocombustíveis", um fenômeno que obrigaria a conversão de mais áreas de plantio para a cana-de-açúcar e empurraria a soja mais para dentro da floresta.

Tudo o que sabemos sobre:
AmazôniaBrasilLe Monde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.