Soldados rebeldes anunciam rendição nas Filipinas

Soldados rebeldes ocuparam hotel depois de fugirem de julgamento.

BBC Brasil, BBC

29 de novembro de 2007 | 08h25

O grupo de soldados rebeldes armados que ocupou um hotel de luxo em Manila, capital das Filipinas, anunciou sua rendição diante das câmeras de TV, depois que o prédio foi invandido por tropas do governo.O líder dos rebeldes, o tenente da Marinha Antonio Trillanes, disse que eles estavam anunciando o fim da resistência para salvar a vida de civis e jornalistas que permaneciam no hotel.O hotel foi cercado por 1.500 soldados e policiais, antes que um veículo blindado entrasse no prédio, logo após vencido o prazo para que os rebeldes se rendessem, nesta quinta-feira, às 5h00 da manhã (hora de Brasília). Dois tanques foram estacionados na frente do hotel e a ação foi transmitida ao vivo pela TV. Muitos dos rebeldes estavam sendo julgados por uma tentativa fracassada de motim em 2003.Eles ocuparam o hotel depois de escapar do tribunal onde estavam sendo julgados.Os rebeldes querem que outros soldados suspendam o apoio à presidente das Filipinas, Gloria Arroyo.Quando as tropas entraram no prédio, foram ouvidos tiros, e bombas de gás lacrimogêneo foram lançadas na recepção do Peninsula Hotel.Os hóspedes do hotel conseguiram fugir depois da ocupação, mas o prédio continuava cheio de jornalistas na hora do assalto militar.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.