Soldados russos capturados estavam na Ucrânia 'em missão especial', diz Kiev

O Ministério da Defesa em Moscou afirmou que os soldados entraram em território ucraniano por acidente

REUTERS

26 Agosto 2014 | 07h31

A Ucrânia disse nesta terça-feira que um grupo de soldados russos tinham entrado em território ucraniano para uma "missão especial", contradizendo assim a mídia russa, que citou uma fonte do Ministério da Defesa em Moscou dizendo que eles foram parar lá por acidente.

"Isso não foi um engano, mas uma missão especial que eles estavam realizando", disse o porta-voz dos militares ucranianos, Andriy Lisenko, em um comunicado divulgado na televisão.

Lisenko também afirmou que os separatistas estavam atacando a cidade de Novoazovsk, localizada na fronteira sudeste, "neste exato momento" e que as forças ucranianas tinham destruído 12 veículos blindados de infantaria na área.

(Reportagem de Pavel Polityuki)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIARUSSIASOLDADOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.