Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Sonho da Império de Casa Verde vai de Dalí a Disney

A Império de Casa Verde se apresenta com muita cor e brilho e canta sobre todo tipo de sonho em sua apresentação no sambódromo de São Paulo. Em seu enredo, a escola da zona Norte de São Paulo discorre desde os sonhos de criança até os sonhos de liberdade dos povos africanos, passando pelos sonhos de Salvador Dalí, Martin Luther King, Walt Disney e Bob Marley.

O Estado de S. Paulo

15 Fevereiro 2015 | 03h26

A quarta escola a se apresentar no sambódromo paulistano nesta segunda noite de desfiles foi a terceira do carnaval paulista a usar elementos de Alice no País das Maravilhas em seu desfile. A Rosas de Ouro e a Gaviões da Fiel também fizeram referência à história.

Além de representar Alice, a Império levou personagens da Disney e contos de fadas e também do Monteiro Lobato com alas de Emílias e Viscondes.

A comissão de frente da Império de Casa Verde traz o mundo encantado das histórias infantis, com a representação de figuras conhecidas como Branca de Neve, Aladdin e Peter Pan. De dentro de cabines empurradas pela avenida, surgiram, de repente, os vilões da história, que causaram surpresa no público

Com 42 metros de comprimento, o carro abre-alas da Império de Casa Verde traz anjos e outras figuras que remetem aos sonhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.