Sony enfrenta nova brecha de segurança no PlayStation

Hackers podem ter roubado dados de cerca de 25 milhões de proprietários do videogame.

BBC Brasil, BBC

03 Maio 2011 | 17h42

A empresa japonesa Sony enfrenta os desdobramentos de uma nova brecha de segurança no videogame PlayStation.

Na última segunda-feira, a companhia anunciou mais um vazamento de dados de usuários, alertando que hackers podem ter roubado informações de cerca de 25 milhões de proprietários do console.

Os criminosos teriam tido acesso a dados bancários e de cartão de crédito dos usuários de jogos do sistema de entretenimento online da Sony.

Uma primeira brecha de segurança levou a empresa a anunciar, no final de abril, que informações de 77 milhões de donos do PlayStation podem ter sido roubadas.

A companhia informou ainda que informações de outros 25 mil usuários podem ter sido hackeadas em 2007.

As falhas levaram um executivo da Sony a se curvar em público em sinal de desculpas às vítimas do golpe.

Além da Sony, outras empresas japonesas estão sendo acusadas de demora em divulgar informações negativas ao grande público.

O especialista em gerenciamento de crises Richard Merrin disse à BBC que a Sony cometeu um erro de relações públicas ao demorar, na primeira vez, a notificar o público do vazamento do PlayStation.

Isso, Merrin opina, danificou a imagem da empresa perante os consumidores.

"Mas, no segundo incidente, ela agiu extremamente rápido e parece estar seguindo as quatro regras de ouro das relações públicas: ser aberta, honesta, transparente e rápida", diz ele.

O especialista sugere que a empresa passe ao público atualizações diárias sobre os desdobramentos dos episódios de vazzamento, de forma a recuperar a confiança dos usuários. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.