Sorocaba decreta luto por morte de jovens em acidente

O prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) decretou nesta segunda-feira, 7, luto oficial pela morte dos seis jovens atropelados no domingo, na rodovia Raposo Tavares. O prefeito compareceu ao velório de dois dos jovens e conversou com os familiares. As famílias dos outros jovens mortos receberam telegramas de solidariedade. Na Câmara, o vereador Marinho Marte (PPS) protocolou requerimento pedindo informações sobre se a festa rave em que os jovens estavam antes da tragédia tinha alvará da prefeitura.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

07 Abril 2014 | 19h41

Segundo ele, uma lei municipal exige que esses eventos, com a participação de menores de idade, só podem ser autorizados após comunicação à Polícia Civil, Polícia Militar e Vara da Criança e da Juventude. À tarde, um grupo de jovens realizou uma manifestação em memória das vítimas e pela paz no trânsito, no terminal Santo Antonio de ônibus urbanos. Os jovens se organizaram também para doar sangue às vítimas que seguem internadas. Mais de 500 pessoas compareceram durante o dia ao hemocentro local.

Mais conteúdo sobre:
atropelamento morte Sorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.