SP: 3º dia de greve tem piquetes em estações do Metrô

O terceiro dia de greve dos metroviários começou neste sábado (7) com piquetes em pelo menos três estações do metrô. Grevistas tentaram impedir que funcionários chegassem aos postos de trabalho nas Estações Paraíso e Ana Rosa, na zona sul da cidade, e na Estação Bresser-Mooca, na zona leste, que têm sido o coração operacional do sistema da Linha 3- Vermelha. Com a chegada de policiais, as entradas foram liberadas sem que houvesse confrontos, segundo a Polícia Militar.

LAURA MAIA DE CASTRO, Agência Estado

07 de junho de 2014 | 19h01

Entretanto, por causa da ação dos grevistas, as estações Bresser-Mooca e Ana Rosa só abriram às 8h40, quando deveriam começar a operar às 4h40.

Segundo o Metrô, além de impedir a entrada de funcionários e passageiros em três estações, os grevistas também tentaram impedir a saída de um trem que já estava em circulação na Estação Santa Cecília, região central, por volta das 7h40. Ainda de acordo com o Metrô, a PM foi chamada, e os grevistas acataram a determinação de liberação para que o carro, de onde os passageiros já tinham desembarcado, voltasse a circular.

Ao todo, 34 de 68 estações estão abertas nesse sábado. Como aconteceu nos primeiros dias, a Linha 5-lilás e a Linha 4-Amarela operaram normalmente bem como os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A Linha 1-Azul funciona da Estação Ana Rosa à Estação Luz, a Linha 2-Verde opera entre a Estação Ana Rosa e Estação Clínicas e a Linha 3- Vermelha, entre as Estações Bresser-Mooca e Marechal Deodoro, que só foi reaberta às 11h10.

Mais conteúdo sobre:
Metrôgrevepiquetesestações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.