SP cede helicópteros para resgatar vítimas no Rio

O Governo do Estado de São Paulo informou que cedeu hoje dois helicópteros da Polícia Militar para ajudar no resgate das vítimas das chuvas na região serrana do Rio de Janeiro. As aeronaves também serão usadas para o transporte de alimentos, água, remédios e equipes médicas e de socorro.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

15 de janeiro de 2011 | 16h04

O Águia 7, com cinco tripulantes, decolou do Campo de Marte nesta manhã com destino a Teresópolis. Já o Águia 11 segue, nesta tarde, de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, com quatro tripulantes, para o Rio.

Além das aeronaves, o Governo de São Paulo disse que enviará um perito criminal e dois médicos legistas para auxiliar na identificação e liberação de corpos das vítimas fatais das enchentes e deslizamentos.

Donativos

A partir de hoje, a população pode fazer doações de alimentos e outros produtos nas bases da Polícia Militar e nas unidades do Corpo de Bombeiros instaladas em todo o Estado. O material arrecadado será encaminhado para as vítimas das chuvas na região serrana do Rio e para os municípios paulistas que também foram afetados pelas enchentes nos últimos dias.

Os artigos de maior necessidade são materiais de limpeza, higiene pessoal, alimentos não perecíveis e água potável. O Fundo de Solidariedade e de Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo (Fussesp) ficará responsável pela distribuição dos donativos.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaRioáguaserrana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.