SP registra 211 km de filas na saída para o feriado

Depois de uma semana de protestos nas estradas, a maior dificuldade encontrada por quem deixou São Paulo nesta sexta-feira (5) foram os acidentes e o excesso de veículos na saída para o feriado prolongado da Revolução Constitucionalista.

JOSÉ MARIA TOMAZELA E REGINALDO PUPO, Agência Estado

06 de julho de 2013 | 07h33

Ainda na capital, as Marginais registravam mais de 20 quilômetros de lentidão por volta das 19 horas desta sexta-feira. No mesmo horário, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) marcava 211 quilômetros de filas em toda a cidade. O recorde de congestionamento do ano foi registrado no Dia dos Namorados (282 km).

Na descida para o litoral, os usuários encontravam congestionamentos por excesso de veículos, sobretudo caminhões de carga, na Rodovia Cônego Domênico Rangoni, do km 266 ao km 270, e na saída para o Guarujá, do km 3 ao km 5. Já a Tamoios não apresentava grandes trechos de lentidão, mas a descida poderia durar até 3 horas - o dobro do normal. Isso porque toda a extensão da rodovia passa por obras de duplicação e será mantida apenas uma faixa de rolamento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
SPtrânsitoferiado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.