SP tem estado de alerta devido à baixa umidade do ar

A capital paulista está em estado de alerta desde as 13h30 desta sexta-feira devido à baixa umidade do ar. Nesse horário, a Defesa Civil de São Paulo registrou índice de 19% de umidade relativa. O cálculo da umidade do ar é feito pelo Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) e computado pela Defesa Civil, da Secretaria Municipal de Segurança Urbana.

GHEISA LESSA, Agência Estado

23 de novembro de 2012 | 14h34

O estado de alerta é determinado quando o índice de tempo seco está entre 19% e 12%. Abaixo dos 12% o estado é de emergência, e dos 20% aos 30%, é de atenção. Quando a umidade relativa do ar está na casa dos 30%, a Defesa Civil decreta estado de observação. De acordo com o órgão, o valor ideal e de conforto para o cidadão fica acima dos 60%.

O aumento do tempo seco é comum nos meses com poucas chuvas, explica a Defesa Civil, causando aumento nos níveis de dióxido de enxofre e material particulado, devido às piores condições de dispersão. Isso propicia o surgimento ou agravamento de doenças respiratórias, cardiovasculares e oculares.

Tudo o que sabemos sobre:
climaestado de alertaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.