SP terá protesto contra ação da polícia na Cracolândia

Mais de 2 mil pessoas confirmavam no Facebook presença na manifestação na frente da Secretaria de Segurança

BEATRIZ BULLA, Agência Estado

24 de janeiro de 2014 | 12h34

Um evento criado no Facebook convoca protesto na tarde desta sexta-feira, 24, contra a ação da polícia na região conhecida como cracolândia, no centro de São Paulo. Na quinta-feira, 23, policiais ligados do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) realizaram uma intervenção na região, que é alvo do programa da prefeitura de São Paulo para reabilitação dos dependentes de droga. A Prefeitura não foi comunicada da ação, que aconteceu por volta das 16h, e o foi classificada como "lamentável" pelo prefeito Fernando Haddad.

Hoje, mais de 2,2 mil pessoas confirmaram presença em um evento no Facebook intitulado "Ato de repúdio à polícia do Alckmin na cracolândia".

A intenção é que os manifestantes se encontrem às 15h em frente à Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Quase 60 mil pessoas foram convidadas pela rede social.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.