SP vai ter mais 3 escolas indígenas

O governo de São Paulo terá três novas escolas estaduais indígenas. As novas unidades serão construídas em tribos guarani e tupi-guarani em Itanhaém, Praia Grande e Peruíbe, no litoral, para atender 77 indígenas. O Estado ainda não tem o cronograma das obras. Os prédios melhorarão o atendimento já feito. Em duas aldeias (Tangará e Nhamandu Mirim), as construções vão substituir salas que eram vinculadas a outras escolas. Na Tekoá Mirim, o prédio vai acolher 25 alunos que assistiam a aulas em uma unidade improvisada. São Paulo tem 31 escolas indígenas, com material bilíngue e aulas dadas por indígenas.

O Estado de S.Paulo

19 Abril 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.