SSP-BA pede para cidadão andar com pouco dinheiro

Provocou polêmica na Bahia um dos itens de uma lista de "dicas" publicadas nesta terça-feira no site da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) sobre como os cidadãos devem se comportar em relação aos assaltos. Uma das sugestões é a de que a pessoa "carregue um pouco de dinheiro (para satisfazer o ladrão), mas poucos cartões". O fato virou motivo de chacota popular e discussão na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal de Salvador.

HELIANA FRAZÃO, Agência Estado

12 de março de 2013 | 19h44

O deputado estadual Carlos Gaban (DEM) se mostrava indignado e classificou o fato como "lamentável". Segundo ele, o Estado tem obrigação de garantir a segurança da população. "Tenho que lamentar profundamente que o site oficial da Secretaria de Segurança sugira às pessoas que contribuam com uma pequena ajuda aos bandidos. No meu entender é uma declaração de falência do sistema de segurança pública na Bahia", disse.

Já o vereador Leo Prates, vice-líder do governo e líder do DEM na Câmara, chamou a "dica" de "imposto ladrão". "Estamos estupefatos com essa orientação da SSP, que só vem comprovar a ineficiência da política de segurança do Estado, como temos constatado". Pela manhã, a Polícia Civil informou que avaliaria a eficiência das sugestões, postadas havia mais de cinco anos, sem revisão e sem atualização. Na tarde desta terça a informação já havia sido retirada da página principal do site da SSP.

Tudo o que sabemos sobre:
segurançaBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.