STF anula sentença por morte de jovem no Rio em 2003

O Supremo Tribunal Federal (STF) anulou hoje a condenação de Rafael Gomes pela morte de Gabriela Maia Prado Ribeiro, 14, atingida por uma bala durante uma troca de tiros entre a polícia e ladrões no metrô do Rio de Janeiro, em março de 2003. Inicialmente, Rafael foi condenado por lesão corporal grave e latrocínio. Depois, o Ministério Público do Rio pediu à Justiça para que ele fosse denunciado também por latrocínio (roubo seguido de morte). No entendimento do STF, esse aditamento na denúncia foi irregular.

AE, Agencia Estado

18 de outubro de 2007 | 21h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.