STF inicia julgamento sobre pesquisa com células-tronco

Começou por volta das 8h45, no Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento da constitucionalidade das pesquisas com células-tronco embrionárias. O julgamento foi interrompido em 5 de março, quando tinham votado a favor da pesquisa os ministros Ellen Gracie e Carlos Ayres Britto, que é o relator da ação. O ministro Carlos Alberto Meneses Direito, que pediu vista do processo, será o primeiro a manifestar seu voto hoje.A expectativa entre os ministros é de que as pesquisas sejam liberadas por uma maioria apertada em plenário. Os placares mais citados internamente são 6 a 5 ou 7 a 4. Um novo pedido de vista, que poderia novamente interromper o julgamento, está praticamente descartado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.