STF mantém exigência de exame da OAB

O Supremo Tribunal Federal recusou ontem um pedido para que bacharéis em Direito fossem liberados para exercer a advocacia sem a necessidade de prévia aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Para os ministros, a atividade praticada por profissional inabilitado pode trazer riscos à coletividade. / MARIÂNGELA GALLUCCI

O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2011 | 09h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.