STF suspende depoimento de Cachoeira à CPI

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, concedeu nesta segunda-feira liminar em favor do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, suspendendo o depoimento que o empresário faria na CPI que investiga as relação dele com agentes públicos e privados.

REUTERS

14 Maio 2012 | 20h13

Cachoeira está preso desde fevereiro acusado de comandar uma quadrilha de jogos ilegais e a atuação da sua suposta organização criminosa é o foco da investigação da CPI Mista, que pretendia ouvi-lo na terça-feira.

Os membros da CPI já trabalhavam com a possibilidade até mesmo de reconvocar o empresário, caso ele ficasse em silêncio durante o depoimento, como a defesa do empresário havia previsto, alegando que ele não teve acesso a todas as peças de acusação.

(Reportagem de Jeferson Ribeiro)

Mais conteúdo sobre:
POLITICASTFCACHOEIRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.