Substância danifica cérebro

O mercúrio acumula-se no organismo. Em pequenos níveis, atinge o sistema nervoso e causa dores de cabeça e irritabilidade. Em casos de extrema intoxicação, provoca degeneração cerebral e pode matar. O excesso da substância no corpo é ligado a danos no cérebro que podem comprometer linguagem, atenção e memória. Em grávidas, há maior probabilidade de malformação fetal.

O Estado de S.Paulo

19 Dezembro 2012 | 02h02

"No caso da contaminação na Unidade Industrial de Capuava, em Mauá, não temos registros de falecimento", diz o procurador João Filipe Sabino. "Mas temos o acompanhamento de trabalhadores com grave situação de saúde, que estão bastante debilitados e deverão necessitar de medicamentos pelo resto da vida."

Segundo a OMS, o nível máximo aceitável para o ser humano é de 50 partes por milhão de mercúrio no organismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.