Suco de laranja tem alta em NY após menor valor em 2 anos

Os contratos futuros do suco de laranja subiram nesta segunda-feira com especuladores cobrindo posições vendidas depois que o mercado atingiu a cotação mais baixa em dois anos e meio na semana passada, disseram corretores, enquanto analistas se questionam se a farra das vendas terminou.

REUTERS

21 Maio 2012 | 17h28

Em janeiro, os futuros do suco de laranja concentrado congelado atingiram um recorde de alta de mais de 2 dólares por libra-peso, devido a temores de queda nas importações do suco brasileiro. Desde então, os futuros do suco caíram mais de 50 por cento após os receios terem se mostrado infundados e os carregamentos inundarem o mercado.

O contrato referência para julho subiu 4,60 centavos de dólar, ou 4,5 por cento, encerrando a sessão a 1,068 dólar por libra-peso.

O mercado chegou a operar com alta de oito por cento no início da segunda-feira.

Em geral, o mercado tem sido atingido com força pela oferta ampla e clima bastante favorável para as plantações na Flórida, principal Estado produtor de laranja nos Estados Unidos.

Traders disseram que a corrida por vendas de contratos deve começar a desacelerar com a aproximação da temporada anual de furacões no Atlântico, quando os investidores compram prêmios para a eventualidade de uma tempestade afetar os pomares da Flórida.

A temporada de furacões no oceano Atlântico começa em 1o de junho e termina em 30 de novembro.

(Reportagem de Rene Pastor)

Mais conteúdo sobre:
COMMODS SUCO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.