Sujeira faz USP suspender aula em faculdade

Estadão.edu

, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2011 | 00h00

Os alunos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), da Universidade de São Paulo (USP), não tiveram aulas ontem à tarde e à noite. A diretoria emitiu um comunicado afirmando que, por cauda da falta de condições de higiene na unidade, é impossível manter as aulas. Cerca de 300 funcionários terceirizados da limpeza estão paralisados desde sexta-feira.

Os funcionários, terceirizados, alegam não ter recebido o salário de março. Segundo a reitoria, não foi feito o repasse da verba, pois a empresa União, contratada para prestar o serviço, está inadimplente com o poder público e a USP não pode remunerar empresas nessa condição.

A universidade, que rescindirá o contrato com a empresa, diz que efetuou o pagamento em juízo. Ontem, os funcionários protestaram pelo câmpus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.