Super-ricos brasileiros passam ilesos pela crise, diz 'Guardian'

Reportagem afirma que os ricos desafiam a tendência global e continuam gastando.

Da BBC Brasil, BBC

29 Novembro 2008 | 07h36

Uma reportagem publicada na edição deste sábado do jornal britânico The Guardian afirma que, até agora, os super-ricos brasileiros passaram relativamente incólumes pela crise financeira. Segundo o jornal, eles resistem à tendência global e continuam consumindo. "Revistas de comportamento estão cheias de anúncios de spas e resorts, bolsas de estilistas famosos e pulseiras de diamantes que custam mais do que muitos brasileiros ganham durante a vida inteira", diz a matéria. O Guardian afirma ainda que o Brasil é líder mundial no aumento do número de milionários. "Nos últimos dois anos, o número de milionários subiu de 130 mil para 220 mil e pelo menos por enquanto, a crise econômica não fez com que eles parassem de gastar", diz o texto. Apesar disso, a reportagem cita a queda nos preços das commodities e o atraso em grandes projetos de infra-estrutura como alguns dos indícios de que a crise financeira está começando a atingir o Brasil. Para o jornal, as classes baixa e média também estariam sendo afetadas com a situação do crédito. "No entanto, a crise parece uma possibilidade distante em lugares como o Jardim Pernambuco, onde o silêncio da tarde só é quebrado pelo canto dos pássaros e o barulho das bolas de tênis", diz o Guardian. Segundo o diário, "os ricos brasileiros podem estar aproveitando a vida luxuosa, mas os compatriotas menos abastados estão começando a sentir os efeitos da crise de crédito".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.