Supervisor é perseguido e morto diante do filho em SP

O supervisor Vanderlei Cardoso Borges, de 42 anos, foi assassinado neste domingo, na frente do filho de 9 anos, na Avenida Mascote, no Jabaquara, zona sul de São Paulo. A polícia investiga qual foi a motivação dos criminosos, que permaneciam foragidos até as 20h20 deste domingo.

Agência Estado

27 de agosto de 2012 | 10h05

Borges dirigia um Honda Civic pela Avenida Santa Catarina por volta das 13h45 quando foi abordado por pelo menos três homens em outro carro. Ele tentou fugir e, durante a perseguição, os bandidos dispararam várias vezes contra a traseira do Civic. Uma das balas atravessou o banco onde estava a criança, que acabou ferida no ombro.

Na Avenida Mascote, o supervisor bateu em outros veículos e parou. Um dos bandidos, com touca ninja, desceu do carro e disparou contra o supervisor. A vítima tinha antecedentes criminais por roubo e extorsão, segundo a polícia. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Mais conteúdo sobre:
violênciaassassinatoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.