Suspeito atira granada contra carro da PM em SP

Um suspeito atirou uma granada contra um carro da Polícia Militar (PM) ao tentar fugir após abordagem da corporação, nesta manhã, na comunidade de Heliópolis, na zona sul de São Paulo. A PM divulgou que o suspeito morreu, sem dar mais detalhes. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) chegou a ser acionado para desativar o artefato, mas ele explodiu antes. Nenhum policial ficou ferido.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

18 de fevereiro de 2011 | 12h46

A abordagem teve início nesta manhã, por volta das 8h30, quando policiais foram atender a uma denúncia de bomba na Rua Coronel Silva Castro. Ao chegarem ao local, dois homens deram início a um tiroteio. O outro suspeito também morreu. Alvejado, ele chegou a ser socorrido ao Hospital de Heliópolis, mas não resistiu aos ferimentos.

Tudo o que sabemos sobre:
crimetiroteiogranadaHeliópolisSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.