Suspeito de matar estudante da USP será transferido

Irlan Graciano Santiago, 22 anos, participante confesso da tentativa de assalto seguida de morte que vitimou o estudante Felipe Ramos de Paiva, de 24, no dia 18 de maio no câmpus da Universidade de São Paulo (USP), deve ser transferido nesta manhã para algum Centro de Detenção Provisória (CDP).

PEDRO DA ROCHA E RICARDO VALOTA, Agência Estado

17 Junho 2011 | 06h59

Após ser preso pela Polícia Civil, na noite de ontem, Graciano, que teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e realizou exame de corpo de delito. Irlan passou a madrugada na carceragem do 2º Distrito Policial, do Bom Retiro, região central de São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
suspeitomorteestudanteUSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.