Suspeito de mortes é ameaçado de linchamento no PR

As mortes de uma mulher e de uma menina na manhã de hoje, em Chopinzinho, a cerca de 400 quilômetros de Curitiba, no sudoeste do Paraná, provocaram muita revolta entre a população local. Aproximadamente 150 pessoas postaram-se à tarde diante da delegacia de polícia e ameaçaram invadi-la para linchar o suspeito de assassiná-las. A situação só foi contornada no fim da tarde, quando o delegado Sérgio Cantarelli permitiu a entrada de algumas pessoas para verificar que o suspeito já tinha sido transferido para outra cidade não revelada.De acordo com Cantarelli, que ainda não havia ouvido a versão do preso, provavelmente a intenção do suspeito seria assaltar uma residência na zona rural do município. No entanto, ele teria acabado matando a empregada da casa, Jestaine Ferreira da Cruz, de 21 anos, com mais de 20 facadas, e a filha dos proprietários da casa, Aline Lusa, de 10 anos, com 14 facadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.