Suspeito de pedofilia é preso no Rio em ação da Receita

Foram encontradas nos computadores do acusado fotos de cenas de sexo explícito com menores

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

29 de maio de 2008 | 11h26

Um homem foi preso nesta quinta-feira, 29, durante a Operação Barbarossa, da Receita Federal, no Rio, sob suspeita de comercialização de mercadorias piratas e prática de pedofilia pela internet. Equipes da Receita Federal, em conjunto com a Secretaria Estadual de Fazenda, Polícia Rodoviária Federal e Guarda Municipal iniciaram a operação para combater pirataria, descaminho e contrabando, além de sonegação fiscal e previdenciária. O homem não identificado foi detido durante fiscalização em um dos depósitos clandestinos dos vendedores ambulantes, na Praça Mauá. Foram encontradas nos computadores fotos de cenas de sexo explícito com menores.

Mais conteúdo sobre:
Operação Barbarossa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.