Suspeito é preso com R$ 150 mil em esmeraldas em SP

Um homem foi preso acusado de receptação de material roubado, no sábado, em Jundiaí, município do interior de São Paulo. Ele estava com outro suspeito, conhecido como Luquinha, que seria o autor do roubo de várias esmeraldas, avaliadas em R$ 150 mil. Segundo o delegado Orlando Raul Pavan, após ser detido em flagrante, o vigilante noturno Celso Adão Camargo disse que Luquinha teria roubado uma casa em Campinas e levado as pedras preciosas e um carro. Em seguida, os dois se juntaram para viajar para a capital paulista, onde a mercadoria seria vendida.Durante o caminho, os dois se depararam com uma viatura policial na Rodovia Anhanguera, na região de Jundiaí. Com medo, eles saíram da estrada e entraram em um bairro da cidade. A dupla abandonou o veículo em Terra Nova. Luquinha conseguiu fugir pela mata. De acordo com o delegado, a dona da casa roubada já esteve na delegacia e reconheceu o carro e as esmeraldas, mas não conseguiu retirá-los porque o licenciamento do veículo estava vencido e não apresentou documentos que comprovassem a propriedade das pedras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.