Tabaco transgênico poderá produzir gel contra aids

Uma plantação de tabaco geneticamentemodificado, em Kent, no sul da Inglaterra, pode ter um papelimportante na luta contra o vírus HIV, afirmou o jornal TheGuardian.Se o projeto, com um orçamento de oito milhões de libras (12milhões de euros), tiver sucesso, cada planta deste tipo de tabacopode ser usada na produção de 20 doses de um gel germicida que podeser usado como uma proteção de três meses contra o vírus.Para desenvolver o remédio, a equipe do centro de infecções dohospital de Saint George, em Londres, fez furos nas folhas dasplantas de tabaco e depois as colocou em contato com uma bactériageneticamente modificada. Quando a bactéria infecta as folhas, introduz alguns de seusgenes no DNA da planta, que começa a produzir novas proteínas. Em estado natural, estas proteínas formam tumores que matam aplanta, mas, no laboratório, os cientistas tornaram a bactériainofensiva, de forma que, em vez de desenvolver tumores, a plantaproduz cianovirina-N.Segundo os pesquisadores, a cianovirina-N pode ser uma armaeficaz na luta contra o HIV, porque evita que o vírus infecte ascélulas humanas.Os cientistas pretendem criar um creme germicida, ou seja, um gelvaginal feito com esta substância.

Agencia Estado,

04 de julho de 2006 | 19h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.