TAM fecha indenização com 19 famílias de vítimas

O diretor financeiro e de relações com investidores da TAM, Líbano Miranda Barroso, informou nesta sexta-feira, 9, que a companhia fechou acordo com 19 famílias, parentes de vítimas do acidente do vôo 3054, ocorrido no dia 17 de julho e que vitimou 199 pessoas. Dessas 19, a empresa já efetivou o pagamento da indenização para 13 delas. "Considero uma boa velocidade, considerando que o acidente ocorreu há pouco mais de três meses", disse.O executivo afirmou ainda que o seguro que a empresa mantém com o Unibanco AIG cobrirá todos os custos da companhia com a tragédia, com exceção de um acordo fechado com os familiares das vítimas e que prevê o pagamento de seguro saúde por um prazo de 24 meses. O acordo terá um custo de R$ 7 milhões para a companhia.Em relação à crise da BRA, que suspendeu suas operações no início da semana, Barroso disse que a descontinuidade das operações da empresa é negativa para o mercado, principalmente por conta das demissões anunciadas. "Ter uma concorrência saudável é importante", disse. O executivo reiterou que a companhia está endossando bilhetes da BRA, mas não soube informar qual o volume de passagens endossadas até o momento.

BETH MOREIRA, Agencia Estado

09 de novembro de 2007 | 13h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.